Quem tem Hemorroida Pode Comer Alho?

O alho tem vários benefícios e é usado há séculos para tratar várias doenças, incluindo no tratamento caseiro da hemorroida. Quem tem hemorroida pode comer alho e pode ajudar na cura da hemorroida.

 
quem tem hemorroida pode comer alho

Alho e hemorroida

Quando pensamos no alho, quando se tem hemorroida, a primeira coisa que vem a cabeça é a ardência que o alho pode causar. Assim, dá pra se imaginar, que quem tem hemorroida não pode comer alho. Pois pode piorar a coceira, ardência e dor. Mas atualmente os estudos aconselham o uso do alho no tratamento da hemorroida.

O alho tem sido usado em todo o mundo há milhares de anos. Registros indicam que o alho já estava em uso quando as pirâmides de Gizé foram construídas, cerca de 5.000 anos atrás, mas apesar de todos os benefícios, as pessoas que tem hemorroida sempre se perguntam se podem comer alho.

Mostraremos nesse artigo se quem tem hemorroida pode comer alho, e os grandes benefícios desse alimento, e como usar para tratar a hemorroida.

Benefícios do alho

Ao longo da história o alho tem sido usado para tratar bronquite , hipertensão ( pressão alta ), tuberculose , distúrbios hepáticos, disenteria , flatulência , cólica , vermes intestinais, reumatismo, diabetes e febres .

Atualmente, o alho é amplamente utilizado para tratar  várias doenças ligadas ao sistema sanguíneo e ao coração, incluindo aterosclerose (endurecimento das artérias), colesterol alto , ataque cardíaco , doença cardíaca coronária e hipertensão .

Alho também é usado hoje por algumas pessoas para a prevenção do câncer do pulmão , da próstata , da mama , do estômago , câncer retal , e do cólon .

De acordo com um estudo publicado no Journal of Antimicrobial Chemotherapy , o sulfeto de dialilo, um composto do alho, é 100 vezes mais eficaz do que dois tipos de antibióticos usados no combate à bactéria Campylobacter .

A bactéria Campylobacter é uma das causas mais comuns de infecções intestinais.

Benefícios do alho para o tratamento da hemorroida

A alicina, que é um composto ativo do alho, apesar de ser instável, é eficaz como anti microbiano, matando os germes e vírus que causam as infecções (como por exemplo: a gripe, gastroenterite e febre).

Quando usado para tratar as hemorroidas, o alho pode produzir três efeitos benéficos ao mesmo tempo, como antibiótico, diminuiu a pressão sanguínea e também é uma boa fonte de antioxidantes.

Estudos científicos descobriram que o componente ativo alicina é que fornece a maioria dos benefícios ​​do alho. Esse é o mesmo componente que dá um forte aroma às cebolas.

Várias descobertas indicam que a alicina é o componente responsável pela proteção das cebolas contra uma variedade de pesticidas e bactérias nocivas.

Além de antibacteriano e antifúngico, o teor de enxofre da alicina atua como antibiótico. No entanto, esse teor de enxofre também podem fazer com que as cebolas irritem os tecidos moles do canal anal, principalmente para quem sofre de hemorroida.

E uma vez que o alho é cortado ou amassado, o conteúdo a alicina muda para o componente ácido 2-propana sulfonato. Este componente atua como um antioxidante, pois  pode se ligar aos radicais livres e eliminar os mesmos.

Quem tem hemorroida pode comer alho na comida?

A resposta é sim!  Temperar suas receitas com alho é quase uma obrigação, mas , um estudo publicado na revista Food and Chemical Toxicology alertou que o aquecimento reduz os efeitos anti-inflamatórios do alho fresco e cru. Assim para ter todos os benefícios anti flamatórios do alho, o melhor é consumir o alho cru.

Como tratar a hemorroida com alho?

O alho pode ser usado como supositório (inseridos diretamente no reto) para tratar as hemorroidas. Além de reduzir a inflamação, o alho atua fortalecendo os vasos sanguíneos e matando os germes na área do reto.

O conteúdo adstringente deste ingrediente natural também pode curar as paredes danificadas dos vasos sanguíneos.

Fazer um enema com alho fresco pode limpar o trato digestivo, reduzindo assim o desconforto durante a defecação. 

Você também pode comer os dentes de alho cru para aliviar a dor, coceira e irritação provocado pela hemorroida.

Você pode esmagar ou picar um dente alho fresco e em seguida deixe descansar por 8 a 10 minutos. Depois disso, engula os pedaços de alho antes ou durante a refeição e em seguida beba água. Desta forma, o odor do alho não será tão acentuado .

Por que quem tem hemorroida pode comer alho?

Como dito acima, o alho tem vários benefícios para a saúde, e para o tratamento natural da hemorroida não é diferente. O alho tem:

  • Fortes efeitos antibióticos
  • Reduz a pressão sanguínea
  • Aumenta o fluxo sanguíneo quando aplicado diretamente
  • É um antioxidante que se liga aos radicais livres nocivos
  • Reforça os vasos sanguíneos
  • Reduz a inflamação da hemorroida

Algumas pessoas acham o gosto e o cheiro do alho algo repulsivo e, portanto, pensar em comprar o óleo de alho em capsulas Mas ele é basicamente inútil, pois a alicina não é eficaz nas formas processadas. Sem alicina, a eficácia do alho é praticamente reduzida.

O alho é seguro para a maioria dos adultos, mas, em alguns casos, pode causar efeitos colaterais como mal hálito e odor corporal, dor de estômago, azia e reações alérgicas.

Se você notar algum dos efeitos colaterais mencionados acima, então suspenda o uso ou procure um médico imediatamente.

Informe o seu médico sobre quaisquer práticas alternativas e complementares que você usa.

Como curar hemorroida
Como curar hemorroida

Conclusão:

O alho é um remédio natural e tempero usado há milhares de anos para tratar várias doenças, incluindo a hemorroida.

O alho tem efeito anti flamatório e anti biótico, reduzindo e evitando a inflamação da hemorroida.

Quem tem hemorroida pode comer alho, mas para ter melhores efeitos e aproveitar todos os benefícios, é melhor consumir cru. 

Isenção de responsabilidade

Esse artigo é meramente informativo, dessa forma, não deseja substituir a consulta médica. Caso os sintomas não desapareçam após 2 semanas de tratamento, procure atendimento médico.

 

 

Gostou desse artigo? Deixe um comentário